Acidente grave deixa 10 mortos na região metropolitana de Salvador (BA)

03/07/2012 19:57

O veículo que se envolveu em um acidente com dez pessoas mortas e seis pessoas na BR-324, nesta terça (03), próximo ao município de Candeias, transportava passageiros pela rodovia sem autorização da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). 


Em nota da Secretaria de Comunicação do governo da Bahia, o diretor-executivo da Agerba, Eduardo Pessoa, disse que a van, registrada em nome de Osvaldo Pirajá Leoni, teve negado o pedido de renovação da vistoria junto à agência em setembro de 2011 porque não foi apresentado o comprovante de fretamento junto a uma prefeitura ou empresa para a realização do transporte de passageiros.

O veículo circulava de Saubara para Salvador todas as semanas e costumava sair do município às 4h30, levando passageiros que geralmente não conseguiam passagens em ônibus regulares. Dezesseis pessoas estavam no veículo, incluindo o motorista. Para o diretor da Agerba, a van iniciou a viagem durante a madrugada “justamente para tentar burlar a fiscalização”.


Acidente aconteceu por volta das 5h desta terça-feira (3) (Foto: Antonio Saturnino)
 


Resgate
Os corpos de nove pessoas que morreram no local do acidente deram entrada por volta das 10h30 no Instituto Médico Legal (IML) e devem ser liberados a partir das 17h de hoje. O corpo da 10ª vítima, que chegou a ser socorrida para ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e morreu, também já foi encaminhado para o instituto. Segundo informações da assessoria do IML, as vítimas serão liberadas após serem reconhecidas por familiares.

Outras seis pessoas ficaram feridas e foram socorridas para os hospitais do Subúrbio e HGE. Osvaldo Pirajá Leone, motorista da van, e Paulo Guimaraes, 54 anos, sofreram ferimentos graves e foram encaminhados para o Hospital do Subúrbio. Já Aneilton Oliveira da Silva, 27 anos, Clébem Paixão dos Santos, 35 anos, Bartolomeu de Jesus Santos, 35 anos, e outra vitima que ainda não foi identificada foram levadas para o HGE. Aneilton teve ferimentos leves e já recebeu alta.

A Polícia Rodoviária Federal divulgou, no final da manhã de hoje, o nome de oito das dez vitimas do acidente. Entre eles estão Jefferson Santos Lopes, 13 anos, Daniel Nery Ferreira, 41 anos, Carlos Maia dos Reis Linhares, 49 anos, Valdemir Miranda do santos, 42 anos, Everaldo Oliveira dos Reis, 30 anos,  Sergio Pereira dos Santos, 30 anos, e Neilson Santos.

Duas vítimas fatais ainda não foram identificadas. Outra vítima, também chegou a ser socorrida para o HGE, mas não resistiu e morreu. A PRF informou ainda que todas as vítimas terão que ser reconhecidas por parentes no IML, já que a maioria dos documentos foi encontrada dentro de bagagens.

Acidente
As dez pessoas morreram e outras seis ficaram feridas no acidente por volta das 5h desta terça-feira (3), no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador. O acidente aconteceu na altura do km 590 da BR-324. Nove pessoas morreram na hora. A 10ª vítima não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada no Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao tentar ultrapassar uma carreta, que transportava ferro para a empresa Gerdau, a van clandestina se chocou contra a lateral do veículo. Com o impacto, a van foi arrastada e teve a lateral arrancada.

Alguns passageiros foram lançados na via. As vítimas foram socorridas por equipes da PRF, da Via Bahia, concessionária que administra a via, e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário