Bahia: Prefeito bloqueia salários de funcionários que não fazem campanha política

16/08/2012 20:21
No município de São José da Vitória, no sul da Bahia, o atual prefeito Jeová Nunes de Souza (PT) parece não ter largado a “mordaça” para exercer o mandato. Democracia não é mesmo o forte dele. O gestor é acusado de bloquear os salários dos servidores da prefeitura que não estão fazendo campanha para o candidato a prefeito Dute (PT), que é apoiado pela máquina municipal.
 
As denúncias dão conta de que vários funcionários tiveram os pontos cortados simplesmente porque não aceitaram a colocar faixas, placas ou pintar os muros de suas casas com o nome do candidato petista. Segundo a matéria, a perseguição fica evidente porque todos os outros funcionários que estão fazendo campanha já receberam normalmente o salário no dia 10 de agosto. 
 

“Já estamos no dia 14 e ainda não recebemos. Nunca aconteceu isso. O dinheiro é pouco. Só dá para comer mesmo. Prefiro que meu nome não seja citado porque a cidade é pequena. Aí sabe como é, né? Ele pode fazer outras coisas para nos prejudicar”, disse ao site um funcionário que não faz política e não recebeu o pagamento ainda.

Fonte: Bocão News

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário