Caso New Hit: Laudo confirma estupro e perda da virgindade de adolescentes

31/08/2012 18:28

Ainda não está disponível o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) sobre o caso dos integrantes da banda New Hit, que teriam estuprado duas meninas na cidade de Ruy Barbosa, na Chapada Diamantina.

No entanto, o laudo médico, assinado pela ginecologista Maria Verônica Simões, confirmou que as duas adolescentes foram mesmo violentadas e, conforme alegou a família de uma das jovens, ela era mesmo virgem.

"A paciente sofreu violência sexual há dois dias (foi estuprada), foi examinada, onde foi comprovado o estupro (vulva apresenta fissura em intróito vaginal, o hímen apresenta rutura e hematoma no mesmo local)", diz o laudo documento, disponível no Conselho Tutelar da cidade.

"Levei ela (a filha) para a médica (ginecologista), na segunda-feira, e foi confirmado com exames que ela era virgem e havia sofrido a violência. A coisa foi tão brutal que ainda existiam hematomas nas partes íntimas dela", revelou a mãe de uma das adolescentes.

Segundo o jornal Massa, as famílias das vítimas têm recebido ameaças. "Ligam constantemente. Uma mulher falou que viriam de Salvador matar as meninas, que eram responsáveis pela prisão dos bebês dela. Não estou trabalhando e meus filhos não vão para a escola", contou.

 

Policia Civil transfere “gênios” da banda New Hit para Presídio Regional de Feira

A Polícia Civil transferiu, nesta sexta-feira (31), para o Presídio Regional de Feira de Santana, os nove integrantes da banda New Hit, que estavam custodiados na Delegacia Territorial (DT) de Ruy Barbosa.

O grupo saiu da unidade policial por volta das 7h40min e chegou ao presídio às 9h, onde foram submetidos a exames de rotina. O décimo envolvido, um soldado da PM que fazia a segurança do grupo, já está recolhido no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas.

Acusados de terem estuprado duas adolescentes, os músicos foram transferidos por determinação da juíza Márcia Simões Costa, titular da Vara Criminal da cidade, que atendeu solicitação do titular da DT/Ruy Barbosa, Marcelo Cavalcanti.

O crime ocorreu no domingo (26), dentro do ônibus da banda, que estava estacionado na praça da cidade, local para onde as duas garotas foram levadas, depois de pedirem para fazer fotos ao lado dos artistas.

Aguardando o resultado do laudo do exame de corpo delito das duas jovens, em elaboração no Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Feira de Santana, o delegado Marcelo Cavalcanti, explicou que fez o pedido de transferência à juíza da Comarca objetivando preservar a integridade física dos músicos.

 

Fonte: Interiordabahia

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário