De acordo com o calendário eleitoral, 09 de maio, é o ultimo dia para inscrição eleitoral e transferências de municípios da zona eleitoral

31/03/2012 19:06

O Cartório Eleitoral da 158ª da Cidade de Chorrochó, alerta aos eleitores dos Municípios de Abaré, Chorrochó, Macururé e Rodelas, que precisam se alistar, fazer a revisão e transferir o título eleitoral para votar nas eleições de 07 de outubro de 2012 que devem ficar atentos aos prazos. De acordo com o calendário eleitoral, 09 de maio, é o ultimo dia para inscrição eleitoral e transferências de municípios da zona eleitoral, inclusive para o eleitor com necessidades especiais solicitar transferência para uma seção de fácil acesso.

Movimento de Eleitores que vão tirar o Título Eleitoral(Foto: Lider do Sertão FM).



Para evitar filas, que ocorrem todos os anos, o Juiz Eleitoral recomenda que os interessados se dirijam ao cartório eleitoral com antecedência. No caso das transferências, o eleitor deve procurar o cartório eleitoral responsável por sua nova residência. O eleitor que estiver com o título cancelado ou suspenso também deve regularizar sua situação – caso contrário não poderá votar, já que seu nome não irá constar da folha de votação de sua seção eleitoral.
O movimento é grande no Cartório Eleitoral da 158ª na Cidade de Chorrochó, são dezenas de pessoas que todos os dias estão procurando o Cartório Eleitoral.

Documentação Necessária;

Os interessados em tirar o título pela primeira vez, devem procurar o cartório eleitoral da 158ª no Fórum Drº Olinto Lopes Galvão, levando um documento oficial com foto ou o registro de nascimento, certificado de quitação com o serviço militar (no caso de homem maior de 18 anos) e comprovante de residência (contas de água e luz só podem ser de 2011 ou 2012),ITR 2011 ou 2012, ou o Incra Velho.Para transferência,basta levar o documento de identidade com foto e o comprovante do novo endereço.

Já no dia 10 de maio de 2012, o expediente dos Cartórios Eleitorais do Estado será cumprido internamente.Essa medida se dá em função da necessidade de organização da interna dos cartórios,inclusive da documentação recebida e procedimentos finais relativos aos sistemas eleitorais.

O cidadão que não está em dia com a Justiça Eleitoral não pode, por exemplo, tirar o CPF e nem participar de concurso para cargos públicos. Além disso, fica impossibilitado de tirar ou renovar passaporte e se matricular em colégios e faculdades, além de outras dificuldades.

Quem desejar apenas requerer a segunda via do título eleitoral, sem qualquer alteração nos dados do documento,também procure o cartório Eleitoral.

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário