Dez mil alunos da rede municipal recebem netbooks

03/04/2012 21:16
Programa Um Computador Por Aluno vai levar ainda mais qualidade ao ensino municipal (Fotos: Silvio Rocha)
 

Seu Antônio Fernandes de Souza é pedreiro. Casado com a dona de casa Dejanira Souza e pai de sete filhos, ele pediu licença do serviço na manhã desta segunda-feira, 2, para acompanhar a filha Alice, de 8 anos, até o Teatro Atheneu.
Ela é uma das 10 mil crianças matriculadas na rede municipal de ensino que estão inseridas no programa Um Computador por Aluno (UCA), projeto pioneiro implementado pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e que, até o final de 2012, irá entregar um netbook a 100% dos alunos matriculados no ensino fundamental, modernizando e tornando ainda mais atrativo o processo de ensino e aprendizagem.
”Todos os meus filhos frequentaram escolas públicas, mas eu nunca imaginei de um dia ver um deles recebendo computador de graça para estudar. É uma felicidade muito grande”, disse seu Antônio, com os olhos marejados num misto de orgulho e alegria, ao ver a filha receber seu computador das mãos do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira.
Com a ampliação do projeto Um Computador por Aluno, Aracaju ganha mais um título e entra para a história por ser a primeira capital do Brasil a distribuir computadores a todos os alunos do 1º ao 9º ano e a todos os professores da rede. Implantado em 2010 na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Professora Maria Thétis Nunes (400 computadores entregues), o UCA está inserido no projeto Escola do Futuro (E-Futuro) e tem como principal objetivo modernizar o sistema de ensino educacional e aprimorar sua qualidade.
Dividido em quatro etapas, o E-Futuro prevê, no primeiro momento, a aquisição de 18.090 computadores (netbooks) para os alunos do Ensino Fundamental (sendo que 10.000 serão entregues em abril deste ano e 8.090 no 2º semestre); aquisição de 200 computadores e 104 impressoras para as escolas; 160 lousas digitais para uso em sala de aula e 1.726 notebooks para os professores.
Com a ampliação do projeto, Aracaju se transforma na capital nordestina com o maior número de alunos da rede pública que possuem computadores nas escolas, representando 35% de toda região. ”Hoje é para mim um dia muito especial. Estamos dando mais um passo para consolidar uma revolução nunca vista antes na história do ensino público em Aracaju”, enfatizou o prefeito.
Revolução
Durante a cerimônia de entrega dos 9.600 novos computadores, Edvaldo destacou ainda uma série de melhorias implementadas pela atual gestão. “Todos os alunos da rede irão receber fardamento gratuito, oferecemos este ano um reajuste de 16% aos professores, sem falar que as todas as escolas terão acesso à internet, adequando-se a esse sistema moderno de ensino”, pontuou o prefeito
A nova escola pública municipal do futuro também irá oferecer aos seus alunos aulas interativas, com a instalação de lousas eletrônicas, o que irá dinamizar e tornar as aulas cada vez mais atrativas. “O mundo está se modernizando e a aula à base do giz e apagador não atrai a atenção das crianças. Vamos, então, utilizar a tecnologia em prol da educação, da melhoria da qualidade de ensino na rede municipal”.
O secretário Municipal de Educação, Antônio Bitencourt Júnior, falou que as transformações no ensino público em Aracaju vão da melhoria da estrutura física das escolas à potencialização do processo de ensino e aprendizagem em sua plenitude. “O objetivo final desse trabalho é fazer com que as crianças se sintam felizes, que queiram estar nas salas de aula e que aprendam cada vez mais e melhor”.
Agradecimentos
A professora Daniele Barreto atua na rede municipal de ensino há quatro anos. Feliz com a modernização do processo de ensino e aprendizagem nas escolas públicas da capital, ela destaca a importância do UCA. “Essa é uma ferramenta muito importante e inovadora. Só temos a agradecer pela oportunidade de termos à disposição mais uma ferramenta pedagógica ao alcance dessas crianças”, destacou a professora.
Entusiasmada com a nova ferramenta, a jovem Hellen Gemima, 11, estudante do 5º ano na escola Municipal José Carlos Teixeira, disse que, com o netbook, terá mais um incentivo para estudar. “Agora a gente vai melhorar ainda mais os nossos estudos e vamos poder pesquisar de um jeito mais divertido”, observou.
A sorridente Alice Souza, 8, filha de seu Antônio e de dona Dejanira, disse que a iniciativa da prefeitura vai abrir novas portas para o futuro profissional dos alunos da rede. “Com isso, nosso povo, que já é muito desenvolvido, vai melhorar ainda mais. Acho que o netbook vai nos ajudar bastante porque tudo o que a gente vê na escola vai ficar mais interessante de aprender usando o computador”, concluiu a aluna contemplada com um computador.

FONTE: SITE DO BARETA

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário