Diretora do Hospital de Macururé (MARIA ZILDA) pede direito de resposta sobre caso D. Zefa & Maria Júlia sobre denúncia feita no Blog MACURURÉ NA NOTÍCIA

20/08/2012 10:58

 

 

 

Devido a denúncias feitas pelo site MACURURÉ NA NOTÍCIA, tendo como fonte da postagem familiares de duas Vítimas que vieram a óbito na cidade de Macururé (BA), Dona Zefa, dia 16 de agosto passado, e da Finada Maria Júlia Gomes de Sena, já alguns meses porque não lhe foi concedido um meio de transporte emergencial, onde a Diretora do Hospital Municipal a Srª. Maria Zilda foi amplamente citada.

O site MACURURÉ NA NOTÍCIA, usando da Democracia e da Imparcialidade e que também oportunamente solicitada por ela, lhe concede o "Direito de Resposta", a qual foi oportunizado por esse veículo de comunicação a exercê-la agora.

A Senhora Maria Zilda primeira enfatiza que sempre cuidou bem daquele hospital e que nunca em todo o tempo que está a frente da direção do mesmo negou de forma alguma qualquer tipo de atendimento médico emergencial, principalmente no que se refere à remoção/transporte de pacientes a outras localidade quando por um médico encaminhados...

CASO DONA ZEFA (falecida em 16/08/2012)

A Diretora Maria Zilda declara que como já disse antes que jamais negara nada a ninguém que em hipótese alguma foi procurada por parentes ou familiares da vítima lhe solicitando qualquer tipo de atendimento, muito menos de transporte e por ficar sabendo da situação da idosa por outros meios tomou a iniciativa própria de ir até a casa da mesma para verificar a situação, e que ao chegar até aquela residência constatou que realmente a idosa se encontrava em um estado crítico observando que a perna da paciente em questão estava bastante azulada/roxa e que não pode constatar que a perna ou femo da idosa estava fraturada porque não é médica..."somente um médico poderia dizer...a minha função é agir depois da constatação médica:" DISSE A DIRETORA.

A Srª Maria Zilda salientou em informar a questão da "Regulação", que só encaminha um paciente a outra unidade médica depois de "Regulado", enquanto a unidade médica solicitada não der o aval ela prefere segurar o paciente no hospital do que correr o risco do mesmo com ele dentro de uma ambulância sujeitos a outros males, a exemplo da periculosidade das estradas.


CASO MARIA JÚLIA (falecida alguns meses atrás)

Segundo a Diretora Maria Zilda, existem provas contundentes de que a própria filha da vitima, quando estava com a mãe internada na cidade alagoana de Arapiraca, por não querer estar ali tomando conta da própria mãe, a mesma assinou um "Termo de Responsabilidade" tirando a mãe da internação médica daquele hospital, a mesma não informou a essa redação qual das filhas da vitima tomou essa atitude...e que somente tem isso a dizer!!!

EM TEMPO:

A mesma lembra a população que já existe na nossa cidade a implantação do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, o "SAMU" disponível a todos 24 horas por dia.

Atenciosamente,

MARIA ZILDA
Diretora do Hospital Municipal

 Fonte: MACURURÉ NA NOTICIA

Deixe seu comentário

atitudes

Data: 20/03/2013 | De: experiencia propia

é issoo mesmo vcs ai só davam carros nos tempos de politicas passando as eleiçoes vcs nao estao nem aí para as pessoas seus inresponsaveisssssssssssssssss

ATITUDE

Data: 17/09/2012 | De: DE OLHO EMTUDO

MUITO BEM MARIAZILDA!

GOSTARIA DE DIZER A TODOS QUE O BLOG MACURURÉ NA NOTICIA NUNCA FOI IMPARCIAL E MUITO MENOS DEMOCRÁTICO, POIS O REDATOR QUE CLARAMENTE ESCREVE MUITO MAL APOIA O CANDIDATO GENA QUE QUER VOLTAR A ROUBAR MACURURÉ.
MEU MUITO OBRIGADO.

Re:ATITUDE

Data: 23/09/2012 | De: Maria Luiza

concordo com vc o dono desse blog que usa o nome de nossa linda e querida cidade não deveria nem ser acessado.ele nada imparcial é um bom ....

Novo comentário