Empresa no Brasil que pagar salário às mulheres menor do que o dos homens, na mesma função, será multada

06/03/2012 21:46

Projeto do deputado Marçal Filho (PMDB-MS), relatado pelo senador Paulo Paim (PT-RS), foi aprovado em caráter terminativo na Comissão de Direitos Humanos e não precisará passar pelo plenário. Propõe a punição de empresas que pagam salários menores às suas funcionárias, quando elas desempenham atividades idênticas a de seus colegas do sexo masculino. Aprovada na Câmara dos Deputados e nas comissões de Assuntos Sociais e de Constituição e Justiça do Senado, para valer, agora só depende da sanção da presidenta Dilma Rousseff. O empregador que descumprir a lei será obrigado a pagar, à empregada, multa correspondente a 5 vezes a diferença verificada em todo o período da contratação.

 

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário