Goleiro Bruno irá jogar a Copa do Mundo de 2014, diz advogado

12/05/2012 08:55
Rui Pimenta espera que o ex-atleta do Flamengo esteja livre em três semanas
 
O goleiro Bruno Fernandes
 
O advogado do goleiro Bruno, Rui Pimenta, disse acreditar que o atleta deixará a penitenciária e defenderá a seleção brasileira na Copa do Mundo 2014. Na previsão esperançosa do defensor, o ex-goleiro do Flamengo irá defender os pênaltis na partida final do campeonato entre Brasil e Argentina.

Antes disso, Pimenta espera que, em até três semanas, o STF (Supremo Tribunal Federal) julgue favorável o pedido de habeas corpus, apresentado em 29 de dezembro do ano passado, para que o goleiro aguarde em casa o julgamento sobre a sua participação na morte da ex-amante Eliza Samudio. O defensor alegou ter "99% de certeza que o Supremo decidirá a favor da soltura de Bruno".

- Tenho absoluta certeza que o STF que o habeas corpus será concedido pelo Supremo Tribunal Federal.

A convicção de que o goleiro sairá da Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, na região metropolitana de Belo Horizonte, “não vem de uma bola de cristal”. Segundo o defensor, Bruno tem todos os requisitos (sem antecedentes criminais, endereço fixo, por exemplo) para aguardar o julgamento em casa.

Nos dias seguintes à libertação do goleiro, o advogado prometeu ainda acompanhá-lo até o Flamengo para que ele seja reintegrado ao time. Ele explica que o contrato de Bruno foi suspenso e não rescindido, o que facilitaria a sua volta ao campo com a camisa rubronegra. Ele ainda disse que há outros três times interessados na contratação do atleta.

- Se o Flamengo não quiser, tem quem queira. Há um grande time carioca e outros dois paulistas sondando o Bruno. Mas, por enquanto, não posso dizer quais são [as agremiações].

 

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário