Governo brasileiro autoriza exportação de Jumentos para a China.

11/04/2012 08:00

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um acordo entre os governos brasileiro e chinês autorizou a exportação de jumentos para a China. No entanto, essa liberação está sendo objeto de questionamentos.

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) criticou nesta segunda-feira (9) o tratado entre os países, que visa a morte e ao aproveitamento do animal em experiência de laboratório para fins de cosméticos. Fazendo o uso da música “Apologia ao Jumento”, de Luiz Gonzaga, em que na década de 70 o artista enaltecia o serviço do animal na sociedade, o deputado cobrou explicações do governo. “Já se passaram um mês desde o acordo e nada se discute na mídia brasileira.

Com essa liberação serão vendidos 300 mil jumentos por ano, para serem sacrificados”, critica. De acordo com a própria Constituição Federal, através do artigo 225, no parágrafo primeiro e item 7º, que trata da fauna, proíbe práticas que provoquem a extinção da espécie ou que submetam aos animais à crueldade.

“É necessário que alertemos aqui do parlamento, pois os nossos jumentos que já serviram tanto ao homem do sertão, que também foi cantado em prosa e verso pelo rei do baião, agora estão sendo vendidos para o sacrifício”, relata.

O deputado ainda mencionou a União Internacional de Proteção Animal (Uipa/CE), representada por Geuza Leitão, e parlamentares de outros estados que já abraçaram a causa em defesa destes animais.

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário