Homem usa maconha sintética e come cachorro vivo

02/07/2012 18:11
 
Michael Daniel se envolveu num incidente bizarro após consumir uma droga chamada K-2.  O americano de 22 anos ficou de joelhos e começou a latir e perseguir os vizinhos. Não satisfeito, Daniel atacou um cachorro de cerca de 20 quilos e começou a comê-lo. O cão morreu no local.


De acordo com o Huffington Post, Daniel foi encontrado pela polícia de Waco, no Texas, na entrada de uma residência com a boca coberta de sangue e pelos. Ao ver os policiais, o homem teria pedido a eles que o batessem ou usassem arma de choque para tirá-lo da “bad trip”.

A K-2 é uma forma de maconha sintética e pode causar alucinações, comportamento violento e paranoia. A maconha artificial não tem nenhum componente em comum com a tradicional, mas causa algumas sensações parecidas.

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário