LUTO NO FORRÓ: CANTORA ELIZA CLÍVIA MORRE EM ACIDENTE DE CARRO EM ARACAJU-SE

16/06/2017 15:17

No início da tarde desta sexta-feira (16) a cantora paraibana Eliza Clivia, 36 anos, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, e o marido o baterista Sérgio Ramos morreram em um acidente de trânsito no Centro de Aracaju, segundo o produtor da cantora Jailson Souza.

A cantora, que iniciou a carreira solo há quatro meses, estava em Aracaju para divulgar um show, que seria realizado na noite desta sexta-feira (16), e fazer entrevistas.

Horas antes do acidente, a cantora postou uma foto em uma rede social no estúdio de uma emissora de Aracaju (SE). (Foto: Reprodução/Instagram )

Horas antes do acidente, a cantora postou uma foto em uma rede social no estúdio de uma emissora de Aracaju (SE). (Foto: Reprodução/Instagram )

Ela e o marido estavam em um veículo que bateu em um ônibus nas esquinas das ruas Arauá e Maruim, quando retornavam de uma entrevista. Além do casal, outras três pessoas da equipe estavam no carro foram socorridas, com ferimentos leves, e encaminhadas a um hospital de Aracaju. E segundo a polícia, elas foram identificadas como: Cleberton José dos Santos, João Paulo Tavares da Silva e Paulo Texeira de Carvalho.

Acidente ocorreu no início da tarde no Centro de Aracaju (SE). (Foto: Ana Fontes/TV Sergipe)

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou através de nota o estado de saúde das vítimas: Ceberton José dos Santos, 35 anos, dirigia o carro de passeio, foi retirado das ferragens e estava consciente, desorientado, com sangramento auditivo, mas sem sinais de fratura. Paulo Teixeira de Carvalho, 38 anos, estava sem sinais de fratura e reclamando de dor lombar. João Paulo Tavares da Silva, 32 anos, também não apresentou fratura e apresentou dores no tórax.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para buscar os corpos.

Influenciada por seu pai sanfoneiro, Eliza começou sua carreira de cantora na cidade de Monteiro (PB) onde ingressou no grupo Big Banda que depois mudou o nome para Laços de Amor. Em 2003, entrou para a Cavaleiros do Forró onde permaneceu por dez anos, nesse período participou da gravação de nove CDs e seis DVDs.

Em 2013, foi anunciado seu desligamento da banda junto com Jaílson Santos (com foi casada até 2016), o motivo segundo a própria Eliza seria de questão salarial. Em março de 2013, Eliza e Jaílson anunciaram seu retorno aos palcos no Forró Cavalo de Aço, onde permaneceu durante cinco anos, ao lado de Marcelo Jubão e Neto Araújo.

Em 2017 a cantora anunciou seu desligamento da banda Cavalo de Aço para investir em sua carreira Solo.

De acordo com Souza , ela e o marido estavam em um veículo que bateu em um ônibus nas esquinas das ruas Arauá e Maruim, quando retornavam de uma entrevista. Além do casal, outras três pessoas da equipe estavam no carro foram socorridas, com ferimentos leves, e encaminhadas a um hospital de Aracaju. E segundo a polícia, elas foram identificadas como: Cleberton José dos Santos, João Paulo Tavares da Silva e Paulo Texeira de Carvalho.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou através de nota o estado de saúde das vítimas: Ceberton José dos Santos, 35 anos, dirigia o carro de passeio, foi retirado das ferragens e estava consciente, desorientado, com sangramento auditivo, mas sem sinais de fratura. Paulo Teixeira de Carvalho, 38 anos, estava sem sinais de fratura e reclamando de dor lombar. João Paulo Tavares da Silva, 32 anos, também não apresentou fratura e apresentou dores no tórax.
O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para buscar os corpos.
Influenciada por seu pai sanfoneiro, Eliza começou sua carreira de cantora na cidade de Monteiro (PB) onde ingressou no grupo Big Banda que depois mudou o nome para Laços de Amor. Em 2003, entrou para a Cavaleiros do Forró onde permaneceu por dez anos, nesse período participou da gravação de nove CDs e seis DVDs.
Em 2013, foi anunciado seu desligamento da banda junto com Jaílson Santos (com foi casada até 2016), o motivo segundo a própria Eliza seria de questão salarial. Em março de 2013, Eliza e Jaílson anunciaram seu retorno aos palcos no Forró Cavalo de Aço, onde permaneceu durante cinco anos, ao lado de Marcelo Jubão e Neto Araújo.
Em 2017 a cantora anunciou seu desligamento da banda Cavalo de Aço para investir em sua carreira Solo.
 
Portal Formosa, seu portal de notícias - Fonte: Forró Dicumforça

 

 

COMENTÁRIOS

Nome: Angela Rosas
Assunto: Morte de Elisa Clivia

É muito triste assistir o final de uma estória de vida dessa guerreira , talentosa e linda a cantora Elisa Cliver! 
Só nos demostra mais uma vez que a vida é efêmera! Nada é eterno tudo passa tudo tem um fim!
 É lamentável ver um sonho de vida chegar ao fim dessa maneira! 
Quando finalmente ela encontrou a felicidade, carreira solo novo amor , Deus levou! 
Que os espíritos de Luz a tenham acolhido e confortado e ao seu companheiro! 
Uma grande perda!