Nos 60 anos da APLB, servidores param em solidariedade; Polícia Civil cruza braços por meio turno

24/04/2012 09:00
Nos 60 anos da APLB, servidores param em solidariedade; Polícia Civil cruza braços por meio turno
 

Os policiais civis da Bahia farão, nesta terça-feira (24), uma paralisação de meio turno em solidariedade ao movimento grevista dos professores estaduais, de acordo com Rui Oliveira, presidente da APLB, sindicato que completa 60 anos no mesmo dia. Segundo o chefe da entidade dos educadores, medida semelhante acontecerá em outros segmentos. “Além da Polícia Civil, os servidores da Saúde vão parar o dia todo, os da Fazenda e do Detran, entre outros, por uma hora”, revelou. A categoria fará, às 7h30, um café-da-manhã na sede da instituição, em Nazaré, e à tarde, apesar da proibição do presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT), se concentrará nas galerias da Assembleia Legislativa para pressionar os deputados a retirarem da pauta o projeto de reajuste proposto pelo governo.

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário