O dinheiro que for depositado a partir desta sexta-feira (4) passará a render 70% da taxa básica de juros mais a Taxa Referencial

05/05/2012 08:31

O dinheiro que for depositado a partir desta sexta-feira (4) passará a render 70% da taxa básica de juros mais a Taxa Referencial. Depósitos antigos continuam a render o valor atual de 6,17%+ TR, independentemente se os juros caírem mais nos próximos meses


 

 

As novas regras da caderneta de poupança começam a valer a partir desta sexta-feira (4). De agora em diante o rendimento das aplicações vai variar de acordo com a taxa básica de juros (Selic) que atualmente é de 9% ao ano.

As mudanças foram anunciadas ontem pelo Ministro da Fazenda, Guido Mantega. A poupança passa a render, dessa forma, 70% da Selic mais a Taxa Referencial (TR- calculada a partir dos certificados de depósito bancários, CDBs), sempre que ela estiver em 8,5% ao ano ou menos.

Os depósitos feitos a partir desta sexta-feira continuarão a render, dessa forma, 6,17% mais TR até que os juros caiam. Já o dinheiro depositado até ontem continuará a render pela regra antiga, independente da Selic.

Com a atual regra os rendimentos da poupança poderão cair nos próximos meses, uma vez que o governo vem pressionando o Banco Central (BC) a reduzir ainda mais os juros básicos. O objetivo é diminuir os juros dos créditos e aquecer a economia brasileira.

Quanto mais os juros caírem, maior será a queda do rendimento dos investimentos de renda fixa, que ajuda o governo a financiar a dívida pública. Caso a caderneta de poupança permanecesse com a taxa fixada em 6,17%, independente da Selic, sua remuneração seria mais atraente, fazendo com que investidores migrassem de outras aplicações para a poupança.

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário