'O que vi da Vida': Xuxa diz que foi abusada sexualmente

21/05/2012 18:58
'O que vi da Vida': Xuxa diz que foi abusada sexualmente
A rainha dos baixinhos surpreendeu a todos na noite deste domingo (20), durante o quadro "O que vi da vida", do Fantástico. Xuxa Meneghel deu um depoimento corajoso e comovente. Além de falar sobre sua infância, onde contou que era rejeitada por alguns irmãos e não teve a presença de seu pai, a loira disse que sempre se achou feia. Ela também falou sobre como começou sua carreira de modelo e sobre seus relacionamentos amorosos, que inclui o amor com Pelé e o piloto Ayrton Sena, a quem ela ainda nutre um sentimento muito forte. "Eu tenho certeza que a gente ainda vai se encontrar", revelou.
 
Mas, o momento mais forte do longo depoimento foi quando Xuxa falou sobre algo muito particular. A rainha dos baixinhos contou que até os 13 anos sofreu abusos sexuais de pessoas próximas à sua família, entre elas o melhor amigo de seu pai e um homem que iria casar com sua avó.
 
"Quando me chamaram pra fazer a campanha do ‘Não bata, eduque”, que seria tentar mudar a cabeça das pessoas. E descobri que as crianças que estão na rua, 80% das pessoas que estão nas ruas se prostituindo - a palavra nem seria essa, porque elas não sabem o que estão fazendo-, roubando, se drogando, sofreram algum tipo de abuso dentro de casa. Algum tipo de violência dentro de casa que fez com que ela saísse”, disse Xuxa, ao explicar os motivos que a levaram a lutar tanto em defesa das crianças.
 
A apresentadora deu muitos detalhes sobre seu drama na infância: “E quando as pessoas começam a me falar sobre as histórias dessas crianças, que muitas vezes isso acontece dentro de casa, ou com o pai, ou com a mãe, ou com o tio ou com o melhor amigo do pai, ou padrasto. Ou  seja: alguém muito conhecido dentro de casa que acabou abusando sexualmente dessa criança e ela resolve sair de casa. Isso me dá um embrulho no estômago porque eu consigo não só me colocar no lugar delas, como eu abracei essas causas todas porque eu vivi isso. Na minha infância até a minha adolescência, até os meus 13 anos de idade foi a última vez", disse com voz embargada.

Sem conseguir controlar mais a emoção, entre lágrimas, Xuxa deu detalhes do que viveu nesse período. "Pelo fato de eu ser muito grande, chamar a atenção, eu fui abusada, então eu sei o que é. Eu sei o que uma criança sente. A gente sente vergonha, a gente não quer falar sobre isso. A gente acha que a gente é culpada. Eu sempre achei que eu estava fazendo alguma coisa: ou era minha roupa ou era o que eu fazia que chamava a atenção, porque não foi uma pessoa, foram algumas pessoas que fizeram isso. E em situações diferentes, em momentos diferentes da minha vida. Então ao invés de eu falar para as pessoas, eu tinha vergonha, me calava, me sentia mal, me sentia suja, me sentia errada. E se eu não tivesse uma mãe, se eu não tivesse o amor da minha mãe, eu teria ido embora, porque o medo de você ter aquelas sensações de novo, passar por tudo isso, é muito grande. Só que eu não falei pra minha mãe, eu não tinha essa coragem de falar com ela. E a maioria das crianças, dos adolescentes passa por isso", justificou.
 
Fonte: Bahia Notícias

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário