Paulafonsinos em condições desumanas nas obras do Mineirão em Minas Gerais

27/06/2012 13:24

O internauta José Jailson dos Santos enviou com exclusividade para a Redação do Portal Ozildo Alves reprodução de uma publicação impressa denunciando a situação precária de vários trabalhadores da cidade de Paulo Afonso, nas obras da reforma do Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG. Segundo o jornal foi denunciado e comprovado que a empresa TEMON faz aliciamento de operários em Paulo Afonso e tráfico de pessoas.

A denuncia feita através de uma CARTA ABERTA pela Liga Operária também informa que os trabalhadores dormem jogados no chão, sem água potável, sem alimentação adequada, com carteiras retidas e obrigados a fornecer comprovante de  endereços de Belo Horizonte e endividados pelos custos da passagem e aluguel do “barracão-cativeiro”.

Os alojamentos, segundo a reportagem,  “são desumanos e degradantes, semelhantes as senzalas dos escravos”.

Veja com exclusividade cópia da CARTA ABERTA com a grave denúncia sobre as condições em que se encontram os FILHOS DE PAULO AFONSO em Belo Horizonte:

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário