Primo do goleiro Bruno é assassinado em MG; Ele era acusado de envolvimento no caso Elisa Samúdio

22/08/2012 12:26

 

Um primo do goleiro Bruno Fernandes, Sérgio Rosa Sales, de 24 anos, foi assassinado a tiros na manhã desta quarta-feira (22). Ele era o único acusado de envolvimento na morte de Eliza Samudio, ex-amante do atleta, que aguardava o julgamento em liberdade e foi executado com cinco tiros logo depois de sair de casa no bairro Minaslândia, na região norte de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, Sales foi seguido por dois homens que estavam em uma moto. Testemunhas contaram aos integrantes do 13º Batalhão da PM que o rapaz ainda tentou escapar, mas foi seguido e morto com cinco tiros no quintal de uma residência no cruzamento das ruas Aracitaba e Maria Madalena. A vítima aguardava julgamento pelo assassinato de Eliza, ainda sem data prevista para ocorrer, junto com Bruno, seu ex-braço direito Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e o ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, que estão presos. Eles respondem por sequestro, cárcere privado e homicídio triplamente qualificado de Eliza, desaparecida desde junho de 2010 e cujo corpo nunca foi encontrado.

 

Informações do Estadão.

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário