Ratinho é condenado a pagar R$ 311 mil ao ex-técnico do Bahia Paulo Roberto Falcão,

03/10/2012 09:08
O apresentador Ratinho terá de pagar indenização ao ex-jogador e técnico de futebol Paulo Roberto Falcão por ter exibido, em seu programa no SBT, uma entrevista na qual a ex-mulher de Falcão o acusava de sequestrar o filho do casal, trazendo-o de forma irregular dos Estados Unidos para o Brasil.
De acordo com decisão tomada nesta segunda-feira pela Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o apresentador terá de desembolsar 311 mil reais -- o equivalente a 500 salários mínimos. O STJ considerou que a matéria em questão foi "vexatória e sensacionalista" e que causou "constrangimento público".
 
Ratinho e a emissora haviam sido condenados a pagar 1 milhão de reais por danos morais, mas recorreram. Ratinho argumenta que a ação deveria ser dirigida apenas contra a ex-mulher de Falcão, e pediu a redução do valor. O STJ manteve a condenação, mas diminuiu o valor.
 
A ministra Nancy Andrighi julgou improcedentes as alegações de Ratinho, afirmando que "ainda que programas de rádio e televisão sejam produzidos e dirigidos por uma equipe, é evidente que os rumos de uma entrevista também dependem de como ela é conduzida pelo entrevistador, que pode influenciar de forma decisiva a manifestação do entrevistado".
 
Segundo a ministra, ficou claro que o apresentador conduziu a entrevista de “forma tendenciosa, de modo a, no mínimo, potencializar as acusações apresentadas pela entrevistada, transformando a entrevista num espetáculo, um show".
 
Procurados pela reportagem, Ratinho e o SBT ainda não se manifestaram. 
 
 
 Fonte.Veja
 

Deixe seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário