Romário: Copa do Mundo será ‘uma merda’ e ‘nós vamos passar vergonha’

18/03/2012 21:32

 

 Romário: Copa do Mundo será ‘uma merda’ e ‘nós vamos passar vergonha’

Foto: Marcos de Paula

O deputado federal Romário de Souza Farias (PSB-RJ) utilizou a sua conta pessoal no Facebook para protestar contra a ausência de representantes do Congresso na audiência entre a presidente do Brasil, Dilma Rousseff (PT), e o comandante da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, na última sexta-feira (16). “Nesse encontro estão presentes Aldo Rebello, ministro dos Esportes, ok; Pelé, embaixador honorário do Brasil para a Copa do Mundo de 2014, ok; Ronaldo, conselheiro do Comitê Organizador Local (COL), ok. Só uma pergunta: qual dessas pessoas têm a ver com a Lei Geral da Copa? Nenhuma”, protestou. Para o “Baixinho”, no mínimo, os presidentes da comissão da Lei Geral da Copa, Renan Filho (PMDB-AL), e da Câmara, Marco Maia (PT-RS) e o relator do projeto, Vicente Cândido (PT-SP), deveriam ter sido convidados. “É uma pena ouvir nas rádios, ver na TV, abrir os jornais e ler que o governo federal se uniu à Fifa para que a Copa do Mundo seja a maior de todos os tempos. Uma mentira descabida! Não será a melhor e nós vamos passar vergonha. [...] Se continuar acontecendo coisas erradas e estranhas como esse encontro do Blatter com pessoas que não são ligadas a Lei Geral da Copa, ela será uma merda”, disparou. Governista, Romário ainda cutucou a líder nacional. “O governo federal está enganando o povo. E a presidente Dilma está sendo enganada ou se deixando enganar. Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando, porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a um ano e meio da Copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Aí vai acontecer o maior roubo da história do Brasil”, previu.