Liberação dos músicos da New Hit causa polêmica nas redes sociais

05/10/2012 09:50

Enquanto os fãs comemoram a saída dos pagodeiros, um grupo já organiza protesto contra decisão da justiça

 

Após saírem do Presídio Regional de Feira de Santana, nesta quarta-feira (3), os integrantes da banda New Hit já estão se preparando para voltar aos palcos no dia 21 de outubro, durante o 'Festival de Pagode Salvador'. O show e a libertação dos jovens já estão sendo comemorados nas redes sociais pelos fãs da banda, através da página 'Adoro minha banda' no Facebook.


Por outro lado, um protesto já está sendo organizado contra a liberação dos músicos que são acusados de estuprar duas adolescentes de 15 e 16 anos na cidade de Ruy Barbosa, e uma petição pública também foi criada para solicitar a revogação da decisão da justiça. A petição online através do site Avaaz.org, que pode ser assinada por qualquer pessoa, já reuniu mais de 1.800 assinaturas, onde será encaminhada para o relator da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia, Lourival Trindade, quando alcançar o número de 2 mil assinaturas.

No Facebook, a petição está sendo divulgada através da página 'Repúdio ao New Hit: Acusados de Estupro', onde também iniciou a organização de um protesto no próximo sábado (6), em frente ao Shopping Iguatemi, às 14h, nomeado como 'Lugar de estuprador é na CADEIA!'.


Depois da prisão dos pagodeiros, dois grupos (contra e a favor) realizaram protestos na frente do shopping Iguatemi no dia 1º de setembro para chamar a atenção das autoridades sobre a culpa ou inocência dos acusados.

Para a organizadora do prostesto, Paula Gonzaga, a expectativa é que cerca de 200 pessoas participem da manifestação com o objetivo de alertar a sociedade para o caso. "O que buscamos nesse ato, é alertar a sociedade do que está acontecendo pelo fato de eles (integrantes da banda) serem pessoas públicas", ressaltou.

O grupo protestante busca fazer com que a sociedade crie um olhar mais crítico em relação ao caso. Paula, integrante do coletivo Poder e Ação Feminista da Bahia (PAF-BA), ressalta que as vítimas estão sendo punidas no lugar dos acusados. "Enquanto eles estão soltos, as meninas (vítimas) não estão podendo sair de casa, sem frequentar qualquer local público, por conta das ameaças que estão recendo dos fãs da banda. Isso é um absurdo!".

Por conta das ameaças de fãs e familiares dos músicos, as duas adolescentes, vítimas de estupro, foram incluídas no Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM), através da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), por solicitação do Conselho Tutelar da cidade de Ruy Barbosa, município das vítimas e onde aconteceu o estupro.

Vocalista diz que New Hit continua e que dias na cadeia foram os "piores" da vida

Entenda o caso
Apesar da liberdade, os nove integrantes da banda e o soldado da PM foram denunciados pelo Ministério Público por estupro qualificado com características de crime hediondo. Para a promotora de Ruy Barbosa, Marisa Jansen, as jovens foram sexualmente abusadas repetidas vezes e com extrema violência.

De acordo o Ministério Público, as adolescentes foram abusadas dentro de um ônibus estacionado na Praça Santa Tereza, no centro de Ruy Barbosa, com uso de "extrema violência" e "em alternância". Os acusados foram presos em flagrante na mesma madrugada.

As duas adolescentes viajaram de Itaberaba para Ruy Barbosa para participar de uma micareta e no final do show da New Hit foram até a banda pedir autógrafos e tirar fotos.  Nesse momento, um dos músicos sugeriu que elas fossem até o ônibus, onde os abusos aconteceram.

Além do estupro, o MP diz que as jovens sofreram agressões físicas e foram xingadas. O laudo comprovou que uma das vítimas era virgem.

 

Fonte: iBahia

Deixe seu comentário

new hit

Data: 06/10/2012 | De: joao

o Show deles foram cancelados, por causa do processo que os proibi de sair de casa.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!